Itens de Controle e Indicadores

Prezados Colegas,

 

O assunto de hoje é uma continuidade sobre Itens de Controle e Indicadores.

 

Observando os resultados da pesquisa da ABRAMAN de 2007 (Documento Nacional), gostaria de destacar alguns Indicadores Temporais, de Qualidade e de Custos.

 

Primeiro que, na pesquisa de 2007, não há empresas da área hospitalar, o que é muito ruim para todos nós, pois é uma fonte excelente de comparação que desperdiçamos.

 

Espero que, na pesquisa 2009, que deve ser preenchida até o dia 15 de abril de 2009, através do questionário no site da ABRAMAN, muitas de nossas unidades de saúde possam se fazer presentes.

 

Os resultados que destaco são:

 

Turn Over: Valor médio de 2,37% nos últimos 14 anos, sendo o resultado de 2007 de 2,39%;

 

Custo da Manutenção por Faturamento Bruto: Valor médio de 4,13%, sendo o de 2007 de 3,89%;

 

Percentual de Homens / Hora de serviço por Homens / Hora do total de trabalho, por tipo de manutenção:

Preventiva: Valor médio de 28,84% e o resultado de 2007 de 25,61%;

Corretiva: Valor médio de 35,51% e o resultado de 2007 de 38,78%;

Preditiva: Valor médio de 17,79% e o resultado de 2007 de 17,09%;

 

Principais Indicadores utilizados em 2007: Custos, Disponibilidade Operacional, MTBF, MTTR, Backlog, Frequência de Falhas, Satisfação dos Clientes e Retrabalho;

 

Disponibilidade Operacional: apresenta valor médio histórico, desde 1997, de 89,16% e, resultado de 2007, de 90,82%;

 

Indisponibilidade devido à Manutenção: apresenta valor médio histórico, também desde 1997, de 5,41% e, resultado de 2007, de 5,30%;

 

Idade Média dos Equipamentos e Instalações: resultado médio histórico e, em 2007, em torno dos 17 anos;

 

 

Gostaria de discutir alguns desses indicadores.

 

O Indicador Custo de Manutenção por Faturamento Bruto, deve ser melhor detalhado, devendo ser analisado o que compõe esse custo, por exemplo:

 

– As contas de utilidades (energia elétrica, água e gás) estão compondo esse custo?

– Os contratos de manutenção, laudos e reposições de equipamentos fazem parte também desse cálculo?

 

Sobre o indicador Homem/Hora, o que deve ser considerado como preventiva e preditiva? Quantos de nós utilizamos adequadamente essa classificação?

 

As Ordens de serviços de Rota ou Rotinas e os Check-list estão inclusos nas preventivas?

 

Fazemos realmente preditivas nas nossas empresas?

 

Que indicadores mais utilizamos nas unidades de saúde? São os mesmos citados na pesquisa?

 

Como é medida a satisfação de nossos clientes, nas ordens de serviço encerradas?

 

As preventivas ou preditivas são consideradas na disponibilidade ou na indisponibilidade, já que são marcadas com antecedência e combinadas com os usuários?

 

Que atitudes tomamos com relação a equipamentos com idade avançada e que já não são mais fabricados ou não tem peças de reposição?

 

Afinal, sabemos que investimentos em substituição são muito mais difíceis, na maioria das unidades de saúde, do que custos de manutenção, mesmo com a relação custo X benefício X risco contrária à manutenção;

 

 

Além desses indicadores destacados do Documento Nacional da ABRAMAN, gostaria de propor mais alguns da área de utilidades, que podem servir de comparação entre nossas Instituições, independente de tamanho ou tipo de atendimento:

 

– Consumo de Energia Elétrica, em kW / hora;

– Consumo de Energia Elétrica, média mensal do ano, em kW por leito (Internação + UTIs);

– Consumo de Energia Elétrica, em kW por mês / Paciente-dia total do mês (média mensal do ano, ou por mês);

– Consumo de água, em m3 / hora;

– Consumo de água, média mensal do ano, em m3 por leito (Internação + UTIs);

– Consumo de água, em m3 por mês / Paciente-dia total do mês (média mensal do ano, ou por mês);

 

Mesmo assim, sei que ainda temos muitas formas diferentes de apresentar resultados, mas proponho começarmos, para tentarmos encontrar alguns itens que possamos comparar.

 

Sei que a ABECLIN está se organizando para termos um canal de divulgação de indicadores, junto à ANAHP, mas, caso alguém queira trocar seus indicadores comigo, tenho alguns da Instituição onde trabalho, que posso disponibilizar através de e-mail.

 

Agradeço novamente a todos pelas sugestões e críticas.

 

 

Luciano Martins Gehrke

 

gehrkeluciano@hotmail.com

 

http://www.gerenciamentodecrise.com.br/site

 

https://engenharianasaude.wordpress.com

2 Respostas to “Itens de Controle e Indicadores”

  1. Fernando Meira Says:

    Olá Luciano:

    Como o post ficou um pouco longo para um debate curto, quero tentar discutir por tópicos, para que talvez até possamos categorizar no wordpress (na coluna da direita…):

    queria discutir a medição de satisfação do cliente na nossa área.

    -Hoje em dia a grande maioria do gerenciamento é computadorizado (CMMS) e um dos melhores sistemas que testei e uso, para a atribuição de notas para o trabalho que fazemos é o do gerenciador MM21 da Ibamaster, onde ao término da OS eletrônica, nosso cliente interno atribui uma nota (com apenas um clique num botão), que não pode ser “mexida” por nós que operamos o sistema.

    -Acontece que, depois de um pico intensivo de uso (até aceitável), nosso cliente deixa de fazê-lo, pois é mais uma atribuição que ele tem que ter, e, hoje em dia, mal eles querem digitar a Solicitação de Serviço, que não ocupa nem 1 minuto do tempo dele.

    -Pergunto: como voces tem feito para medir esta satisfação, de modo que ela realmente retrate o sentimento do cliente final, e não uma nota de amigo para amigo?

    Abs,
    Eng. Fernando Meira
    HPS Canoas – RS

    • Luciano Martins Gehrke Says:

      Fernando,

      Hoje também faço a pesquisa eletrônica ou na OS em papel, mas muitas vezes só os amigos respondem.

      O que estou tentando implementar é uma espécie de ouvidoria da Engenharia, onde primeiro eu e depois alguém do meu grupo, talvez um de área administrativa siga uma entrevista específica ao usuário sobre nosso atendimento.

      Chamo esse projeto de Progredir.

      Vou te mandar uma cópia.

      Um abraço.

      Luciano

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: